Guerra de Farrapos

farrapos dentro dos olhos
batalhas
diante de ti
e
dentro de mim
vermelho que pulsa

tenta expulsar
o azul
gelado
dos olhos
e os farrapos das mãos

uma batalha
travei
a respiração
perdi

expulsando o azul
o amarelo 
sol se abriu

apagou-se 
o cor-de-rosa

farrapos dentro dos olhos
batalha travada
perdi
venci

uma guerra aqui dentro de mim
ninguém saiu ferido
nem ileso

Postagens mais visitadas deste blog

Eu preciso de...

Souvenir

Sobre o amor libertário