Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

Inércia

Inércia. Acho que esse era o nome do que eu senti por algum tempo. Era como se eu estivesse anestesiada, como se nada mais fizesse diferença. Minha vida ia mudar, meus amigos, minha casa. Eu sentia um aperto toda vez que me perguntavam se era isso mesmo que eu queria, e de fato era, mas talvez eu não estivesse preparada pra uma mudança tão grande. Sempre me perguntavam e a resposta era sempre a mesma "lógico que é isso que eu quero, mas ainda espero pelos resultados".
Veio a lista. Por dentro senti um alívio gigante: "é aqui o meu lugar", mas mesmo assim, continuava a sensação de inércia. A tendência de continuar como eu estava, onde estava, porque nada fazia diferença, isso até ela chegar.
Ela chegou, olhou para os lados, para os móveis, paredes, cortinas, procurando qualquer coisa que lhe dissesse: "hey, eu já estive aqui". Nada. Respirou fundo e disse que não conhecia o meu lugar, não se lembrava de mim. Será? Um nó na garganta, pés sem chão. Será mesm…