Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Paralelamente

Imagem
Eu me sinto feliz. É estranho, porque não tenho motivos, mas me peguei suspirando. E não, não tenho ninguém que me faça suspirar. Há tempos não há. Há tempos não sinto aquele frio na barriga, a vontade de rir à toa, borboletas no estômago. Há tempos só sonho com os olhos fechados, mas estou feliz.

Há tempos, também, não escrevo sobre coisas felizes. Realmente felizes, eu digo. Porque tristeza, saudade, quase-amores, desamores... parece que tudo isso traz mais inspiração. Não que saudade seja algo ruim, mas ainda sinto saudade de olhares e sorrisos.

Sinto, sim, mas fazer o quê? Cada um segue seu rumo. As vidas se separam e se reencontram o tempo inteiro, mas acho que aquele sorriso, sabe, AQUELE sorriso em especial provavelmente seguiu um caminho diferente do meu para não mais me reencontrar. Acho muito bom, até. Às vezes acho, às vezes tenho certeza, de que seguimos caminhos diferentes, mas paralelos. Um sabe do outro, mas cada um segue sua vida. E vejo que matemática nunca fez tanto…