Pular para o conteúdo principal

Fez um ano, eu te amo

faz  um ano
um ano sem tua mão no meu rosto
um ano sem a tua voz calma que sempre me confortava

o tempo passou rápido
ciranda foi girando e girando
nesse meio tempo a roda foi ficando maior
porque muitos pequenos estão aprendendo a cirandar
uma cirandinha, pequena que nem eles
em passinhos que vem e que vão

fez um ano
eu te amo
um ano que você não dança mais comigo, com a gente
mas também não dança mais sozinho
voltou pra ela

e eu amo vocês
um tanto que nem tem tamanho
que é grande demais pra medir