Não é fácil

Não te ver, não te encontrar, não te esquecer, não te esquecer e não te ver. Nada disso é fácil. Não é fácil gostar. Não, não. Não é nada fácil.

Querer e querer.. não tocar. Sentir sem entender o porquê. Amar. Não é fácil amar.

Todos os caminhos levam a você, todas as fotos fazem lembrar, nenhum mapa me deixa esquecer todas as coisas que eu deixei de dizer, e por todo o tempo, não cansei de esperar.

E por tudo o que eu "tenho" e não posso ter, tudo que eu queria... ah! como queria!... e quero ainda.

Um único verbo, já falei, repeti. Digo, sim, repito sem parar.

E dos sonhos que eu não deixo de ter, o maior deles é quando te vejo chegar. Todas as noites se repete, todas as manhãs eu peço pra ele não terminar.

Você conta com a sorte, peça então que ela te traga aqui. Eu conto dias e horas, e espero que um dia a contagem tenha fim. Pra isso não ter fim.

"Eu preciso te ver
Eu preciso te ver
Eu preciso do teu sorriso
Você sabe que eu preciso
Eu preciso te ver"

Uma música que tudo diz. É, eu sei, não é fácil, mas estou feliz.




Texto do início de 2006

Postagens mais visitadas deste blog

Eu preciso de...

Pausa pro café

Souvenir